segunda-feira, outubro 02, 2006

Ioga

Vejo pulularem como cogumelos locais que disponibilizam cursos de ioga.
Nada contra o facto. Respeito imenso quem os pratica.
Mas apesar dos "antigos" nos avisarem para o "não digas desta água não beberei", acho difícil que algum dia venha a frequentar um.
Porquê?
Simples.... filhos!
Ou, para ser mais honesto.... filha.
A pequena é levada da breca para dormir. Quer seja uma sestazinha à tarde ou para finalizar o dia, mais à noite.
Julgo que a energia que ela possui lhe deve dizer que é uma tremenda perca de tempo, o dormir.
Aqui assumo (não sem uma lágrima teimosa a formar-se): não sai ao pai!
No entanto o sono (como a qualquer ser humano) faz-lhe bem.
O problema é ela convencer-se disso.
Vai daí, até ela se dar por convencida, decide testar a capacidade de resistência dos tímpanos de quem a deita, ao mesmo tempo que nos faz agradecer que os materiais de contrução tenham evoluído nos últimos dois séculos.
Sim, acredito que um belo grito dela possa ser registado na Escala de Richter.
E é por isso que eu estou firmemente convencido que posso dispensar o ioga: é que a capacidade de abstracção daqueles gritos tem que ser de tal forma, que eu não duvido que me consiga aproximar enormemente do estado de "Nirvana".

4 Comments:

Blogger kitty said...

E que tal uns tampões nos ouvidos quando a vais deitar?!
:)
Boa semana

2/10/06 16:58  
Anonymous dianamae, rafael e afonso said...

Olha...
Há yoga para crianças!
lol
Havia de ser giro, yoga com sinfonia!
lol

Jinhos

3/10/06 15:20  
Blogger paibabado said...

E tu julgas que eu me arrisco a ser linxado na praça pública por mestres de ioga?... Nah......

3/10/06 15:47  
Blogger mamã Xana said...

Ui! Conheço o estilo!
E os papás, que até gostam de dormir, andam a pedir aos céus que o novo membro deste clã aprecie mais as horas de sono do que a irmã.:D

3/10/06 16:10  

Enviar um comentário

<< Home