segunda-feira, outubro 09, 2006

Princípio Cívico: Pontualidade

Pontualidade.......conceito ambíguo: tão simples e tão complicado ao mesmo tempo.
Simples na definição, complicado no cumprimento.
Desde pequeno, por influência do meu pai, me habituei a ser pontual.
Se há coisa que odeio é fazer esperar alguém ou, pior ainda, que me façam esperar.
Algo que não admito é aquele típico:
-Então encontramo-nos lá para as 7, 7 e meia.
Resposta pronta:
- Nem penses. 7 ou 7 e meia?
Mas que raio..... porque será que as pessoas se acham no direito de nos condicionar meia hora?
Em meia hora brinco muito com os meus filhos.
Lembro-me de um colega a quem quando diziam isso (7, 7 e 1/2) ele respondia:
- Ok, então eu estou lá às "tete, tete e meia, quato pá nhônha".
Claro está que quando a pessoa ficava com os olhos em bico ele já tinha tido a sua vitória. Mas resultava.

Então ontem fomos almoçar aos meus pais. Chegados à entrada do prédio não havia lugar para estacionar.
Saiu a minha mulher e aproveitou-se logo para tirar a canalha.
Fui estacionar o carro e voltei. Não demorei 2 minutos...
À porta do prédio a minha filha fazia-me sinal de mão, como que dizendo "anda, anda".
Mas acabou por não resistir. Começou a correr direita a mim, de braços abertos e sorriso franco, acabando por se escarrapachar nos meus braços, com um grande abraço, ao mesmo tempo que dizia:
- Chega(s)-te me(s)mo a tempo, papá!

Nota mental: NUNCA chegar atrasado a beijos e abraços dos meus filhos!

1 Comments:

Blogger Isabel Pinheiro said...

Mas nunca mesmo!!! ;)

O meu quando quer alguma coisa e não lhe dão na hora, ainda que seja um simples mimo... é birra na certa!!!
Até com a comida, qd demoro mais um segundo do que ele quer... lol

Enfim... pontualidade britânica, diria eu, é o que eles esperam de nós...
Infelizmente nem sempre é assim tão fácil!!!

bjs

9/10/06 17:15  

Enviar um comentário

<< Home