segunda-feira, fevereiro 12, 2007

Namoro, casamento e estatística

Aproxima-se o dia 14 de Fevereiro e, confesso, já andamos entusiasmados com a coisa.
Não só pelo dia em si, mas especialmente pela possibilidade de um jantar "civilizado", no qual a contribuição dos avós em guardarem a prole é inestimável.
Seguindo uma tradição muito nossa este ano calhou-me a mim tratar de escolher o local do jantar.
O ano passado a escolha dela foi esta e só posso dizer que foi tremendamente agradável.
A escolha deste ano já está feita e, embora mais em conta porque há mais uma boca a alimentar, espero que seja igualmente boa.
A propósito disto de namorados e casais e tal li há uns dias a anedota que dizia que a comida mais anti afrodisíaca do mundo é o bolo de casamento.
Não sei se concordo muito com isto.
É verdade que com o casamento (ou o juntar, partilhar, o que quer que o valha) há algumas coisas que mudam. Sem dúvida!
Por exemplo aquela sofreguidão de aproveitar qualquer aberta para uma coisa do tipo "vai ser bom, não foi?", passa.
E por um lado ainda bem. Podemos desfrutar e aprender a saborear momentos com mais tranquilidade e com muito, muito sabor.
No entanto há sempre que manter uma pitada de loucura! E aqui é que me parece ser o segredo da coisa: é que o casamento implica esforço, dedicação, paciência e outras que tais para que a chama não se apague e se mantenha bem viva.
Agora o que me parece que pode dar cabo do "afrodisiómetro" é a estatística!
A estatística é tramada.
Vejamos: nesta casa até há dois anos e sete meses atrás 90% das situações em que se ouviam suspiros, gemidos ou afins estavam associadas a situações agradáveis.
Actualmente 95% das vezes em que esses sons são produzidos dizem respeito a situações que de agradável têm muito pouco (fraldas sujas, fome, dor, mimo,...)
Se eu desse muita importância à estatística estava tramado!

15 Comments:

Blogger Peste said...

:S é verdade as pequenas pestinhas... se não temos cuidado... acabam matando os momentos "prazerosos" há que saber cultivar os pequenos momentos

12/2/07 14:36  
Blogger Monica said...

Há que fugir das "estatísticas" de bvez em quando hehe
Para mim já lá vão 4 anos e picos lol
Adorei este cantinho; vou voltar!
Ainda por cima com tantas coincidências ;) (um descendente de cada, ela mais velha que ele, ele com quase a idade do meu... gostei :))
Desejo-vos desde já um óptimo jantar!

12/2/07 16:49  
Blogger Fénix said...

Sabes o que te digo? Que se lixe a estatística...
proveitem bem...
bjs

12/2/07 17:25  
Blogger Cláudia said...

Por acaso os avós não querem ficar também com o meu Tiago?
Não temos avós a não ser a 55km de distância...

Vamo ter que ser muito inventivos...

12/2/07 17:48  
Anonymous mau feitio said...

O dia dos namorados é quando quisermos...isso tá bem... agora o Natal (grande treta)...

13/2/07 11:16  
Blogger Márcia Santos said...

Gostei da observação :)
Espero que tenham um excelente dia dos namorados.
Bjinhos

13/2/07 15:04  
Blogger kitty said...

Desejo-vos um jantar muito especial!
;)
Bjs

13/2/07 18:47  
Blogger Raquel Santos said...

passei por curiosidade uma vez q n há muitos papás a ter um blog por enquanto claro, parabéns pelos teus filhotes e por este cantinho tão especial

adorei o teu comentário final
bj em bom dia de s. valentim

13/2/07 22:43  
Anonymous dianamãe, rafael e afonso said...

ah ah ah ah tens razão!!!
Fazemos nós as nossas próprias estatísticas, heim que tal?

jinhos

14/2/07 10:24  
Blogger alice said...

eu ainda não consigo largar a minha tatauga (8 meses), fomos jantar fora uma vez, demoramos pouco mais de 1h, e já estava anciosa..

14/2/07 21:40  
Blogger AlfaBeta said...

Quais estatísticas, cada um sabe de si, e concordo que uma relação tem que ser apimentada, para não cair na rotina.

15/2/07 12:33  
Blogger Teresa Durães said...

eehhhehehe

entrei aqui por acaso. parabéns, ainda nada começou!! ahahhaha

9 e 14 anos. os meus. lá em casa não se suspira, grunha-se! hoje estão despachados ;) o nosso aniversário de casamento foi comemorado num dia que 'deu jeito' por causa das aulas e testes.

Mais velhos é diferente. À parte a bateria e a guitarra electrica, a roupa e as pinturas (que a filha quer), o melhor é levar tudo na desportiva ou então ficamos todos loucos (ou já estamos??)

boa tarde

16/2/07 12:56  
Blogger viviana said...

as estatisticas....
para mim um bom relaçionamento é aquele que nao deixa cair o relacionamento em rotina e que só quando esta é quebrada é que se sente falta!!!!
nada como umas boas loucuras nao resolvam todos os atritos né?
um abraço u um bom fds

16/2/07 21:40  
Blogger Cristina said...

Olá Pai Babado... só quando disseste q és Chefinho escuteiro é q reparei nos teus links... sou uma despassarada! Vou adicionar o link do teu espaço aos meus links (posso?).

Vou continuando a passar...
Uma canhota amiga!!

21/2/07 12:39  
Anonymous Anónimo said...

fica minha dica para um namoro feliz.

www.meudesejo.com.br

Site de Namoro Meu Desejo

30/8/11 18:53  

Enviar um comentário

<< Home