terça-feira, março 13, 2007

O Ninja

Quando eu era puto estavam em voga os filmes do Chuck Norris (ou pelo menos estavam em voga dentro do meu círculo de amizades). Aquilo era uma coisa engraçada: por qualquer pretexto havia porrada. E claro na altura todos nós nos sentíamos verdadeiros heróis a lutar contra esquadrões de ninjas, esses assassinos silenciosos, treinados com um único objectivo: aniquilar.
Hoje dou por bem empregue esse tempo em que as nossas brincadeiras consistiam em esquivarmo-nos de golpes tão mortíferos quanto imaginários. E dou esse tempo por bem empregue porque é o que tenho que fazer hoje em dia, variadíssimas vezes.
É que o pequeno desenvolveu um estranho hábito: mal fica ao colo de alguém toca logo de arrepanhar uma bochecha, beliscar a sobrancelha, esmifrar um lábio ou (a cereja no topo do bolo) enfiar aqueles dedinhos afiados como adagas bem fundo pelas narinas adentro.
Não haja dúvida que o rapaz é um ninja em potência!!
Ah grande Chuck Norris, se não tivesses sido tu como é que eu conseguiria passar por estas torturas sem dizer um ai e desta forma conseguir evitar que os vizinhos me ponham uma acção de despejo pelos gritos de dor?

4 Comments:

Blogger Cabeça_d'Ovo said...

estas com sorte....n puxa o cabelo :P :P :P

14/3/07 09:51  
Blogger Cláudia said...

Só falta saltares de costas para cima de um ramo de uma árvore (mesmo à ninja), como nos «Jovens heroís de Xaolin»...
lololol
lembraste?

14/3/07 10:12  
Blogger Cláudia said...

Aqui em casa, há quem já tenha pensado em arranjar uma coquilha!!!

14/3/07 10:13  
Blogger Rodrez said...

Bons esquivanços...

:-)

14/3/07 10:34  

Enviar um comentário

<< Home