terça-feira, janeiro 20, 2009

Todo "endrominado"

Ser pai despertou-me de uma forma incrível para as grandes imperfeições da nossa condição humana.
De facto após sermos pais e termos alguém que é totalmente dependente de nós a vida muda de uma tal maneira que nunca mais conseguimos estar tranquilos daquela forma absolutamente "olímpica", totalmente despreocupada...
Mas o mais engraçado é que andamos sempre ansiosos por algum sossego, por paz e por tranquilidade, mas quando ela chega... não estamos bem! Confuso?... Pois ser pai é assim mesmo...
No passado domingo estive a trabalhar até à meia noite. A minha gaivota também, mas em Coimbra, no estágio actual dela. Resultado: os pequenos tiveram que ir dormir à minha sogra, para não estarmos a mudá-los à meia noite e meia, acordando-os e fazendo-os passar frio desnecessariamente.
E quando cheguei a casa, coincidindo com a chegada da minha mais que tudo, eis que não consegui sentir, em momento nenhum, aquela alegria, tranquilidade e paz que pensei poder vir a sentir por perspectivar uma noite sem choros e inquietações.
Mas não! A casa parecia-me vazia, fria...
E, racionalmente, sem grande razão porque aquela hora qualquer que seja o dia já os pequenos estão a dormir e, como tal, na prática não havia diferença nenhuma. Mas o que é facto é que havia!...

É fantástico ser pai, mas às vezes dá-me cada nó na mona que eu não sei como o desatar... Ou melhor, sei: é dar-lhes um grande abraço e cobri-los de beijos quando os volto a ver ao pé de mim!

quinta-feira, janeiro 15, 2009

Paixões

O meu miúdo é verdadeiramente apaixonado por números!
Julgo que este sentimento lhe adveio do "computador do Noddy" que ele tem. Nos vários jogos há um "departamento de matemática" onde ele aprendeu os números (assim como algumas letras, mas a preferência vai claramente para os números) e vai daí é frequente ouvi-lo a recitá-los em qualquer local onde os encontre, desde volumes de livros até matrículas de automóveis.
A forma como ele os diz:
- Um
- Xois
- Quês
- Cá
- Quico
- Xeis
- Queque
- Cuco
- Bóbi
- Xés

Hilariante!
video

quarta-feira, janeiro 14, 2009

Fashion addict

- Mamã, hoje não estás muito bonita!
- Porquê, filha?
- Tens a saia rasgada! Falta um bocado de pano!

Quando aos 4 anos é ela que dá palpites sobre a roupa dos adultos... o mundo deu mesmo uma grande volta... e o futuro afigura-se duro, muito duro!

domingo, janeiro 04, 2009

Advento 2008

Temos cá em casa um calendário do Advento. Todos os dias do mês de Dezembro até ao Natal colocamos, desde há 2 anos, um chocolate ou uma guloseima no saquinho para os pequenos se deliciarem. Acontece que este ano, devido ao crescimento da garota, não pudemos atestar logo os sacos todos com o risco de eles serem rapidamente esvaziados antes do dia correspondente.
Assim optámos por em cada dia ir colocando as guloseimas, sem que eles vissem. O problema é que muitas vezes nos esquecíamos de o fazer quando eles não estavam em casa e quando regressavam iam logo a correr para o calendário regressando, muitas vezes, tristes por não encontrarem lá nada.
Quando eu lá colocava à socapa o chocolate dizia:
- Olha, acho que está ali qualquer coisa..
- O quê?
- Ai... deixa cá ver...parece uma guloseima! Este saco é mágico! Há pouco não estava aqui nada e agora...

E lá fui levando a coisa desta forma... até que um dia:
- Ó pai, hoje não há guloseima no saco!
- Olha o saco faz magia pode ser que daqui a pouco apareça algo...
E ela:
- Oh... o saco não é nada mágico! Está é atrasado!

É impressão minha ou a coisa vai ficando menos engraçada à medida que eles crescem?